Sobre o Seguro de Vida

Ter um Seguro de Vida é cuidar da sua família e de você. Não dá para prever as emergências, mas dá para ter à disposição a tranquilidade de saber que se algo acontecer, tudo ficará bem.

Afinal, o que é seguro de vida ?

Quando perguntamos o que é seguro de vida, compreendemos que não é um investimento, mas sim de uma proteção social básica e indispensável a qualquer núcleo familiar. Estamos falando de um produto que vai muito além da cobertura contra morte.

É uma garantia oferecida pelas seguradoras em que, mediante pagamentos mensais (que chamamos de “prêmios”), uma pessoa pode contratar uma indenização financeira que será paga aos beneficiários em caso de sua morte, ou a ele mesmo ( em vida ) em diversas situações previstas em contrato.

 

Perguntas Frequentes

Depois de entendermos o que é seguro de vida, vamos agora ver seus diferenciais.

Uma das mais conhecidas vantagens do seguro de vida é a isenção de Imposto de Renda (IR), algo raríssimo entre os produtos financeiros oferecidos pelo mercado.

Outro benefício é que o artigo 794 do Código Civil esclarece que esse produto não é considerado herança, ou seja, ele não entra no inventário em caso de falecimento do segurado.

Com isso, além da liberação do dinheiro ser muito mais rápida, não há a obrigatoriedade de pagamento de Imposto sobre Transmissão Causa Mortis (ITCMD). De acordo com a SUSEP, o capital deve ser liberado em até 30 dias após a apresentação da documentação correta.

A contratação do seguro de vida pode ser individual ou coletiva. Na modalidade individual, o seguro cobre os riscos de um único segurado, o contratante direto do plano.

Sua maior vantagem é que o seguro é seu!  Feito sob medida, totalmente personalizado, de acordo com a idade, o estilo de vida, a profissão, o momento de vida e as coberturas de interesse.

Já o seguro coletivo é feito por uma empresa, associação ou sindicato. Será este que vai negociar as coberturas, garantias, capital segurado e formato do produto.

Quem assina a proposta de adesão adquire um produto formatado previamente que, embora costume sair mais barato, pode não contemplar suas necessidades tão bem quanto um seguro individual.

O seguro de vida coletivo não é um benefício que se restringe somente aos profissionais em si, mas que também traz maior segurança para suas famílias. Assim, caso ocorra algum incidente que deixe o funcionário impossibilitado de cuidar de seus entes queridos, o seguro entra em cena, dando o suporte necessário.

Os custos relacionados ao pagamento de seguro de vida coletivo são categorizados como despesas operacionais. Sendo assim, caso a empresa opte pelo Lucro Real como regime de tributação, os valores pagos pelo plano podem ser descontados integralmente no cálculo do Imposto de Renda para PJ.

  • Morte natural / Acidental / Covid;
  • Invalidez por Acidente;
  • Invalidez por Doenças;
  • Invalidez Majorada ( Profissionais da Saúde );
  • Diagnósticos de Doenças Graves;
  • Seguro de Renda;
  • Diária de internação hospitalar;
  • Cirurgias;
  • Assistência e/ou Serviço funeral.
  • Morte natural / Acidental / Covid;
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente;
  • Invalidez funcional permanente total por doença;
  • Morte de cônjuge ou filhos;
  • Auxílio-alimentação;
  • Doença congênita de filhos;
  • Diária por incapacidade temporária acidental;
  • Despesas médicas, hospitalares e odontológicas.

Qual a vantagem dO SEGURO DE VIDA

O seguro de vida pode assegurar a continuidade do custeio educacional de seus filhos, a quitação de imóveis financiados ou mesmo a renda mensal ao próprio segurado em caso de acidente que resulte em invalidez.

Aos poucos, o brasileiro começa a perceber que se trata de um dos produtos securitários mais essenciais do mercado.

Preencha com seus dados para solicitar uma simulação!